quarta-feira, 18 de outubro, 2017

Índia espera que o consumo de fertilizantes aumente em 2017

A Índia é um importante mercado de fertilizantes NPK. O país é parcialmente autossuficiente em fertilizantes nitrogenados, mas depende principalmente das importações por suas necessidades de clore de potássio e fosfatados. Espera-se que a Índia experimente crescimento no consumo de todos os três adubos NPK em 2017. O mercado da Índia viu um crescimento constante no consumo de fertilizantes NPK ao longo dos anos. Embora tenha uma alta autossuficiência em fertilizantes nitrogenados, planeja ser totalmente autossuficiente até 2022. A mudança vem em detrimento da redução da dependência em mercados internacionais onde preços voláteis funcionam contra os produtores locais. Para os adubos de cloreto de potássio e fosfato, o país continuará dependente das importações nos próximos anos. Enquanto a ureia é o fertilizante primário consumido, à medida que a necessidade de qualidade cresce, a demanda por uma aplicação NPK equilibrada também crescerá. A monção na Índia é observada de perto para atividades agrícolas. A Índia obtém a maior parte de suas chuvas de junho a setembro. O país recebeu 95% da sua precipitação média a longo prazo (um período de mais de 50 anos) durante a monção, de acordo com o último relatório do IMD (Departamento Meteorológico da Índia). Foi um pouco abaixo da expectativa do IMD de 96% na temporada 2017-2018 e 97% na temporada 2016-2017.
Market Realist - 13/10/2017
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP