segunda-feira, 13 de novembro, 2017

Passagens aéreas sobem 7,19% no IPCA e pressionam Serviços, mostra IBGE

RIO - O encarecimento das passagens aéreas puxou a alta de 0,49% nas despesas das famílias com Transportes em outubro, segundo os dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). As tarifas aéreas subiram 7,19%, o equivalente a um impacto de 0,03 ponto porcentual sobre a alta de 0,42% no IPCA do mês. Os combustíveis também aumentaram em outubro. O etanol ficou 1,13% mais caro, o equivalente a uma contribuição de 0,01 ponto porcentual sobre a inflação, e a gasolina subiu 0,24%, também um impacto de 0,01 ponto porcentual. O aumento de 7,19% nas passagens aéreas em outubro foi mais brando que o de setembro (21,90%), mas ainda pressionou a inflação de Serviços dentro do IPCA A inflação passou de 0,50% em setembro para 0,37% em outubro. A taxa acumulada em 12 meses diminuiu de 4,99% para 4,88% no período. Por outro lado, os aumentos na energia elétrica (3,28%) e no gás de botijão (4,49%) puxaram a aceleração da inflação de bens e serviços monitorados, que passou de 0,24% em setembro para 0,98% em outubro. A taxa acumulada em 12 meses pela inflação de bens e serviços monitorados subiu de 6,12% em setembro para 6,59% em outubro.
DCI – 10/11/2017
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP