quarta-feira, 13 de dezembro, 2017

Dólar recua ante real após data para julgamento de ex-presidente Lula

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar operava em baixa ante o real nesta quarta-feira, após o anúncio da data do julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em ação referente ao tríplex no Guarujá. Às 10:01, o dólar recuava 0,42 por cento, a 3,3141 reais na venda, depois subir quase 1 por cento na véspera e acumular 3 por cento de alta em quatro sessões. O dólar futuro tinha alta de 0,20 por cento. Na véspera, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) informou ter marcado para 24 de janeiro de 2018 o julgamento de recurso de Lula. Uma condenação em segunda instância por órgão colegiado pode barrar a candidatura do ex-presidente, que lidera as pesquisas de intenção de voto para a eleição presidencial do ano que vem. “O mercado assimila que, sem Lula na Presidência, as contas públicas serão melhor administradas”, explicou o diretor da mesa de câmbio da corretora MultiMoney, Durval Correa. Entretanto, a reforma da Previdência continua no radar e mantém a cautela no ar diante das dificuldades do governo de colocar o texto em votação na Câmara dos Deputados ainda neste ano. O presidente Michel Temer disse que o governo vai trabalhar até a próxima terça-feira para garantir os 308 votos necessários para aprovar a reforma, e ainda cobrou um “esforço concentrado” de empresários para pressionar os deputados. A sessão também é marcada pela expectativa em torno do desfecho do encontro de política monetária do Federal Reserve. O banco central dos Estados Unidos deve elevar a taxa de juros, porém, mais do que isso, deve dar a mais forte indicação sobre como a reforma tributária da administração Trump pode afetar a economia norte-americana. O dólar tinha leve baixa ante uma cesta de moedas e também ante algumas divisas de emergentes, como o peso chileno e rand sul-africano O BC fará novo leilão de até 14 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares, para rolagem dos contratos que vencem em janeiro, de 9,638 bilhões de dólares.
Reuters - 13/12/2017
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP