quarta-feira, 06 de dezembro, 2017

PP: um substituto para o amianto

Após muita polêmica e discussões que duraram anos, no dia 29/11 o uso do amianto foi proibido em todo país pelo STF. A substância era proibida em alguns estados, como Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul, porém agora a sua produção, comercialização e utilização está proibida em todo o território nacional. O amianto já foi banido em 75 países, por ser considerado cancerígeno pela Organização Mundial da Saúde. Estima-se que no mundo mais de 125 milhões de trabalhadores ainda estão expostos diretamente ao amianto e 107 mil morrem por ano em decorrência de doenças relacionadas à exposição ao minério e suas fibras. O Brasil se mostrou relutante na proibição dessa substância devido a pressão realizada pelas mineradoras. As empresas defendem o potencial econômico do amianto para o Brasil, já que o país possui 9.804.000 toneladas em reservas desse minério e apresenta 15,6% da produção mundial de amianto. No Brasil, 99,5% da produção de amianto é empregada pela indústria de fibrocimento na fabricação de telhas, placas de revestimento e caixas d’água. O principal grupo empregador no ramo é a Eternit, companhia dividida entre a mineração e construção civil. Porém, a empresa já redirecionou o seu portfólio para a substituição dos seus produtos e negócios. A empresa vem seguindo a tendência do mercado, pois muitos consumidores da construção civil deixaram de adquirir materiais que possuem amianto. Assim, nos últimos anos, a Eternit investiu cerca de R$ 25 milhões na adaptação de equipamentos para substituir progressivamente o uso da fibra mineral pela fibra de polipropileno. Em 2015, concluiu um investimento de R$ 95 milhões na implementação de uma planta para a produção de fibras de polipropileno. Atualmente, as telhas estão sendo produzidas com 60% de PP e 40% de fibra mineral. Até o final de 2018, o processo produtivo utilizará 100% de fibras de polipropileno.
Maxiquim – 01/12/2017
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP