segunda-feira, 13 de fevereiro, 2017

Canadá ameaça retaliar taxação de importação

A ministra das Relações Exteriores canadense, Chrystia Freeland, fez um alerta ao governo do presidente americano, Donald Trump, de que o Canadá está pronto para retaliar se os EUA levarem adiante o plano de criar um "ajuste fiscal na fronteira". A declaração de Freeland, que indica o risco de uma guerra comercial entre Canadá e EUA, foi feita depois de a chanceler canadense se reunir com o secretário de Estado americano, Rex Tillerson, em Washington, anteontem."Deixei claro que nós nos oporíamos a qualquer imposição de novas taxações entre Canadá e EUA, que nós acreditamos que taxações sobre exportações seriam prejudiciais tanto para o Canadá quanto para os EUA", disse Freeland depois do encontro com Tillerson. "Disse ainda que, se essa ideia viesse a se concretizar, o Canadá reagiria adequadamente."Hoje mais de 75% das exportações canadenses têm como destino os EUA. O Canadá, por sua vez, é o principal destino das exportações de 35 Estados americanos.Apesar das declarações de Freeland, uma autoridade canadense afirmou que "ninguém quer começar uma guerra comercial".Segundo a "Associated Press", uma fonte do governo canadense disse que Freeland tinha diversos pontos de preocupação a serem tratados com Tillerson, como a taxação por meio de ajuste fiscal na fronteira, uma ordem executiva de Trump sobre preferência à utilização do aço produzido nos EUA e planos de usar scanners biométricos na fronteira.
Infomet - 13/02/2017
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP