quinta-feira, 23 de fevereiro, 2017

HORTIFRUTI/CEPEA: Chuvas de março podem favorecer fruticultura do NE

Piracicaba, 21 – O maior polo exportador de frutas nacional, que compreende as regiões produtoras de Juazeiro (BA) e Petrolina (PE) e passa por forte estiagem há pelo menos cinco anos, deve ter maior concentração de chuvas em março/17, o que poderia minimizar os danos da seca e animar fruticultores locais. Conforme relatório da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), de 2012 a 2014, as chuvas nesta região foram de, respectivamente, 38%, 63% e 82% do volume esperado para o período. Já em 2015 e 2016, as precipitações ficaram 62% abaixo da média histórica. Os registros de chuvas no Sertão costumam iniciar em novembro, porém, precipitações significativas têm sido observadas somente nesta semana (20 a 24 de fevereiro/17). Segundo a Apac, o pico de chuvas deve ocorrer em março/17, mas a temperatura do Oceano Atlântico ainda pode impactar as precipitações, que podem ficar 18% abaixo da média dos últimos 30 anos. Nos próximos dias (22/02 a 03/03) deve chover cerca de 48 milímetros na região, segundo a Climatempo. A temperatura mínima, por sua vez, deve variar entre 22ºC e 26ºC, enquanto a máxima deve oscilar entre 32ºC e 38ºC.
HF Brasil - 21/02/2017
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP