quinta-feira, 09 de março, 2017

AkzoNobel rejeita oferta de US$ 22 bilhões da PPG

A fabricante holandesa de tintas AkzoNobel, dona na marca Coral e a maior empresa europeia de tintas e revestimentos, rejeitou uma oferta de aquisição de 20,9 mil milhões de euros da norte-americana PPG Industries e admitiu que poderá separar o seu negócio de especialidades químicas para impulsionar o preço das ações. Em comunicado, a empresa considera que a oferta da PPG, que por ação seria de 83 euros, "subvaloriza substancialmente" a empresa. Ainda assim, o valor está 29% acima da cotação de fecho da Akzo na quarta-feira. Segundo Tom Büchner, principal executivo da empresa, a proposta não é de interesse dos acionistas, incluindo clientes e funcionários, e foi rejeitada com unanimidade. Mais cedo, a PPG havia confirmado a oferta, apresentada em 2 de março, com vistas a iniciar uma conversa sobre a combinação das duas companhias em um único negócio. Em paralelo com o recebimento da oferta, a AkzoNobel anunciou que está avaliando avaliar opções estratégicas para a separação do seu negócio de especialidades químicas, uma divisão que, segundo a empresa, pode ser transformada em empresa independente. Com faturamento de 4,8 bilhões de euros em 2016, a área conta com amplo portfólio de produtos nos segmentos de construção, indústria e bens de consumo
Maxiquim - 09/03/2017
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP