sexta-feira, 10 de março, 2017

Cacauicultores buscam adequação para importação de cacau

As instituições representativas dos produtores de cacau da Bahia, a saber, Associação de Produtores de Cacau (APC), APC Coooperativa, Instituto Pensar Cacau (IPC), Somos Todos Cacau (STC), União em Defesa da Propriedade (UDP), Sindicatos Rurais de Barro Preto, Camacan e Ilhéus, juntamente com o Presidente da Câmara Setorial Nacional do cacau, Guilherme Moura, participaram de uma reunião no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) para tratar da adequação necessária para importação de cacau pela indústria moageira. Os representantes acreditam que deve haver uma atenção à Nota Técnica 2015/2016 que foi coordenada por Catarina Cotrim, da Adab, em conjunto com a CEPLAC e do Conselho de defesa da Monilíase e produtores, que alerta para os riscos da importação, por parte do MAPA, afim de, garantir a sanidade das lavouras de cacau do país. Para os participantes, o encontro foi bastante produtivo. “Saímos muito satisfeitos da reunião de hoje no MAPA/DSV, com a presença do Senador Roberto Muniz, Vitor Bomfim Secretário de Agricultura da Bahia, Adriano (Seagri0, Armando (Adab), onde tratamos da adequação necessária para importação de cacau pela indústria moageira. Temos confiança que teremos boas notícias”, declarou Milton Andrade, presidente do Sindicato Rural de Ilhéus.
Mercado do Cacau - 09/03/2017
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP