terça-feira, 07 de março, 2017

Soja em Chicago tem manhã de estabilidade nesta 3ª feira e já aguarda pelo novo reporte do USDA

Os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago operam com estabilidade na manhã desta terça-feira (7), testando algumas ligeiras baixas entre as principais posições. Por volta de 8h30 (horário de Brasília), as cotações cediam entre 2,50 e 3,25 pontos, com o maio/17 valendo US$ 10,34 por bushel. Os derivados também trabalham em queda neste pregão. O mercado futuro norte-americano se comporta ainda de forma bastante técnica e já esperando pelo novo boletim mensal de oferta e demanda que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) traz nesta quinta-feira, 9 de março. O novo reporte de levantamento de safra da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) chega no mesmo dia, podendo atualizar a nova safra do Brasil, o que também pode mexer com o andamento das cotações. Entre os fundamentos, poucas novidades. Há previsões de mais chuvas para a Argentina, principalmente na região nordeste, as quais poderiam gerar novas inundações e com a possibilidade de algumas perdas. A demanda também segue bastante aquecida, dando importante suporte aos preços, especialmente em relação à China. Devido às boas margens de esmagamento que ainda têm sido registradas no país, "as ideias de que as importações do país não devem se desacelerar tanto quanto se esperava em fevereiro e nos próximos dois meses", contribui para o suporte dos futuros da oleaginosa, segundo explica o analista de mercado Terry Reilly, da Futures International ao portal internacional Agrimoney.
Notícias Agrícolas - 07/03/2017
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP