terça-feira, 11 de abril, 2017

Cobre se recupera e avança com fraqueza do dólar

Os futuros de cobre operam em alta na manhã desta terça-feira (11), recuperando-se das perdas de ontem, em meio ao enfraquecimento do dólar ante outras moedas principais. Por volta das 8h (de Brasília), o cobre para três meses negociado na London Metal Exchange (LME) subia 0,10%, a US$ 5.760,00 por tonelada. Na Comex, divisão de metais da bolsa mercantil de Nova Iorque (Nymex), o cobre para maio avançava 0,33%, a US$ 2,6125 por libra-peso, às 8h35min (de Brasília). O índice DXY do dólar se enfraquece nos negócios da manhã, tornando o cobre mais atraente para usuários de outras divisas. Além disso, foram iniciadas ontem greves nas minas peruanas de Toquepala e Cajón, de propriedade da Southern Copper, outro fator de sustentação para o cobre. Outros metais básicos negociados na LME não apresentavam direção única no horário indicado acima. Enquanto o alumínio caía 0,13%, a US$ 1.918,50 por tonelada, o níquel avançava 0,30%, a US$ 10.135,00 por tonelada, o estanho diminuía 1,73%, a US$ 19.925,00 por tonelada, o zinco recuava 1,45%, a US$ 2.588,50 por tonelada, e o chumbo subia 0,56%, a US$ 2.263,00 por tonelada.
Jornal do Comércio - 11/04/2017
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP