quarta-feira, 26 de abril, 2017

Milho: Chicago fecha com variação positiva de até 6,25 pontos

A pontuação do milho emagreceu um pouco no fechamento da Bolsa de Chicago (CBOT) na comparação com início da tarde desta terça-feira (25). Mas mostrou fôlego para um rally dos operadores que não encontram posições baseadas em fundamentos mais seguros. O bushel maio ficou em US$ 3,65, o julho US$ 3,71 e o setembro US$ 3,78, com variação de 5,75 a 6,25 pontos. Permaneceu, portanto, no radar os que analistas da Farm futures e da Agriculture reportaram anteriormente, como uma pouco firme aposta em que o atraso no plantio – pequeno, mas quase recuperado na última semana – poderá ficar alguma coisa prejudicado com a possível volta das chuvas em algumas regiões. BM&F Bovespa Com o dólar rompendo para cima a casa dos R$ 3,15, na bolsa paulista as negociações do mercado futuro também emagreceram ao longo do pregão. E também sofrem com a retração vista no mercado físico. Assim, o contrato maio fechou em R$ 28,26, +0,57%, e o setembro R$ 27,25, -0,18%. Físico Continua com quase nenhum sinais de negócios de balcão nas principais praças produtoras do Sul, de Mato Grosso do Sul, Goiás e Minas Gerais. Só as praças mato-grossenses pesquisadas pelo Imea refletem alguns negócios no positivo, enquanto a safrinha não chega.
Notícias Agrícolas - 25/04/2017
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP