quinta-feira, 13 de abril, 2017

Petróleo fecha em queda de olho na produção nos EUA

Os contratos futuros do petróleo fecharam em queda, nesta quarta-feira (12), dando fim à maior sequência de ganhos desde agosto, em meio a preocupações com o aumento da produção dos Estados Unidos. Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o petróleo WTI para maio fechou em queda de 0,54%, a US$ 53,11 por barril. Na Intercontinental Exchange (ICE), o petróleo tipo Brent para junho recuou 0,66%, a US$ 56,86 por barril. Mais cedo, o Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) dos EUA informou que os estoques da commodity no país tiveram queda de 2,166 milhões de barris na última semana, para 533,377 milhões de barris. Analistas ouvidos pelo Wall Street Journal esperavam uma queda menor, de 100 mil barris. A recuperação em curso da produção de xisto nos EUA ameaça afetar os esforços de outros importantes produtores para reduzir o excesso, o que vem afetando os preços da commodity. Na terça, os contratos haviam avançado pela sexta sessão consecutiva, influenciados pelo relato de que a Arábia Saudita pedirá por uma extensão dos cortes na produção na reunião de maio da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep). Às 11h32 (de Brasília), o petróleo WTI para maio, contrato mais líquido, caía 0,09%, a US$ 53,35 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex). No mesmo horário, o Brent para junho também registrava queda de 0,12%, a US$ 56,16 o barril, na Intercontinental Exchange (ICE).
Jornal do Brasil - 12/04/2017
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP