quarta-feira, 24 de maio, 2017

Queda brusca: dólar e clima pressionam preços do açúcar nas bolsas internacionais

Os preços do açúcar despencaram ontem (23) no mercado externo, após começarem a semana em alta. Na bolsa de Nova York, o vencimento julho/17 fechou em 15,87 centavos de dólar por libra-peso, baixa de 64 pontos no comparativo com o pregão anterior. Os contratos para outubro/17 fecharam em 16.13 centavos de dólar por libra-peso, retração de 59 pontos. Segundo uma análise da Datagro divulgada nesta manhã (24), a desvalorização do dólar e previsões de tempo seco no Centro-Sul do Brasil, principal região produtora, contribuíram para a queda dos preços da commodity na sessão de ontem. Em Londres, a tela para agosto/17 fechou em US$ 453,30 a tonelada, queda de 13,60 dólares em relação aos preços praticados na véspera. No lote outubro/17, o açúcar fechou cotado em US$ 440,60 a tonelada, baixa de 10,50 dólares. Os demais vencimentos caíram entre 10,20 e 10,70 dólares. Mercado doméstico No mercado interno, os preços do açúcar continuam valorizados, segundo o indicador do Cepea/Esalq, da USP. A saca de 50 quilos do tipo cristal foi negociada a R$ 77,47, alta de 0,75% em relação aos preços firmados na sessão anterior. Etanol O preço do etanol também mantém sua tendência altista no mercado, de acordo com os dados fornecidos pela Esalq/BVMF. Ontem (23), o biocombustível fechou em R$ 1.473,00, valorização de 0,31%.
UDOP - 24/05/2017
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2017 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP