quinta-feira, 11 de maio, 2017

Setor da construção projeta crescimento após período de recessão na região

As empresas do ramo da construção civil voltam a projetar crescimento nas vendas para este ano. A Associação dos Comerciantes de Materiais de Construção (Acomac) de São José do Rio Preto estima um aumento de 5% no setor até o final do ano. Os donos de lojas de materiais de construção, que trabalhavam com queda nas vendas no ano passado, é que têm gostado dessa movimentação. Em uma distribuidora de cimentos e ferragens de Rio Preto, o dono André Cedeira diz que já vendeu 3% a mais de janeiro a abril desse ano, que no mesmo período de 2016. "A gente estima um aumento de até 6% até o final do ano", afirma. O presidente da Acomac, José Pardo, fala que realmente há esta perspectiva de crescimento. "Em vista da queda, por causa da crise, só de deixar de cair, já causa otimismo. Essa retomada promete um pouco mais, com alguma aceleração no segundo semestre", diz. Um exemploque ajuda a aquecer o setor é o do dono de uma papelaria. Wendel Croti está feliz por ampliar o ambiente de trabalho. A obra começou faz cerca de 40 dias e deve terminar em um mês. "A gente está ampliando o salão e erguendo mais o telhado, porque era muito baixo e quente. Optamos por este momento porque a economia está voltando a ter um crescimento", diz. Outro que aproveita a onda favorável é o construtor Alessander Ferradilha, que diz que tem feito mais casas neste ano que nos dois últimos. "Atualmente, estamos com oito equipes. O movimento da construção está em uma crescente boa para este ano. Pessoal que sonha ainda quer construir", afirma.
Infomet - 11/05/2017
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2017 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP