quarta-feira, 21 de junho, 2017

Petróleo nos EUA cai para mínima de 9 meses por excedente global

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo caíram 2 por cento nesta terça-feira, com o Brent fechando em mínimas de sete meses e o petróleo dos EUA em seu menor valor desde setembro, após a crescente oferta de diversos produtores importantes ter ofuscado a alta adesão da Opep e de aliados ao acordo para reduzir a produção global. O Brent fechou em queda de 0,89 dólar a 46,02 dólares por barril, seu menor fechamento desde 15 de novembro, duas semanas antes da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e outros produtores concordarem em reduzir a produção em 1,8 milhão de barris por dia durante seis meses a partir de janeiro. Os contrato julho do petróleo nos EUA, que vence ao final da terça-feira, fechou em queda de 0,97 dólar, a 43,23 dólares por barril, seu menor fechamento desde 16 de setembro. Os dois mercados de referência caíram mais de 15 por cento desde o fim de maio, quando a Opep, Rússia e outros produtores estenderam os limites à produção até o fim de março de 2018. "Dada a expectativa de que você verá níveis maiores de produção em diversas áreas do mundo, isso irá compensar tudo que eles estão tirando do mercado", disse Gene McGillian, gerente de pesquisa de mercado da Tradition Energy. A adesão de produtores da Opep e de fora do cartel ao acordo alcançou seu nível mais alto em maio desde que o acordo foi fechado no ano passado, a 106 por cento, disse uma fonte familiarizada com o assunto.
Reuters - 20/06/2017
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2017 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP