quarta-feira, 05 de julho, 2017

Exportação de carne de frango do Brasil cai em junho ante 2016, mas sinaliza recuperação

As exportações totais de carne de frango somaram 371,5 mil toneladas em junho, queda de 9,8%ante igual mês do ano passado, mas cresceram na comparação com maio, sinalizando uma recuperação após impactos da operação policial Carne Fraca, afirmou nesta terça-feira (4) a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). "Apesar da queda nos volumes embarcados em junho, é notável uma expressiva retomada do ritmo das vendas desde os impactos decorrentes dos equívocos da divulgação da Operação Carne Fraca", disse em comunicado o presidente-executivo da ABPA, Francisco Turra. Em relação a maio, o desempenho em toneladas foi 6,2% superior, enquanto na comparação com abril, imediatamente após a operação, os embarques de junho deste ano apresentaram elevação de 15,1%, ressaltou Turra. O Brasil é o maior exportador global de carne de frango. Em receita, as exportações em junho caíram 6,4% ante o mesmo mês do ano passado, para US$ 619,5 milhões. No primeiro semestre, os embarques de carne de frango cresceram 5,9% em receita, para US$ 3,585 bilhões. Quanto ao volume, houve retração de 6,4%, para 2,121 milhões de toneladas. Carne suína Ainda segundo a ABPA, as vendas de carne suína in natura atingiram 54 mil toneladas em junho, aumento de 1,3% frente as 53,3 mil toneladas de um ano atrás. No desempenho cambial, as vendas no mês passado foram de US$ 141,5 milhões, avanço de 25,2% no ano. No semestre, os embarques do setor totalizaram 293,7 mil toneladas, queda de 2,5%. Em receita, houve acréscimo de 29,1%, com US$ 740,3 milhões.
Reuters - 04/07/17
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2017 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP