sexta-feira, 28 de julho, 2017

Vendas externas de máquinas e equipamentos sobem 2,3% no semestre e chegam a US$ 4,08 bilhões

A exportação brasileira de bens de capital cresceu 2,3% no primeiro semestre deste ano e 8,2% em junho. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (26) pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ) e se referem ao crescimento obtido em relação a iguais períodos do ano passado. Entre os meses de janeiro a junho deste ano, o Brasil faturou US$ 4,08 bilhões com exportações de máquinas e em junho individualmente as vendas externas foram de US$ 752,7 milhões. Em junho sobre maio, também houve avanço, de 6,8% No semestre, os destaques na exportação foram as máquinas para logística e construção civil, cujas vendas avançaram 24%, e de máquinas para agricultura, com crescimento de 43%. Em junho, a ABIMAQ destaca, em material divulgado, o desempenho dos fabricantes de componentes para a indústria de bens de capital. O avanço nas exportações desta área foi de 2,6%, impulsionado principalmente pelas vendas de válvulas industriais. A América Latina foi a região do mundo que mais importou bens de capital do Brasil no primeiro semestre deste ano, com US$ 1,8 bilhão e avanço de 18% sobre iguais meses de 2016. Estados Unidos foram o segundo maior mercado, com US$ 747 milhões e alta de 11,6%. O terceiro maior comprador no exterior foi a Europa e o quarto foi a China, ambos com queda. Em contrapartida ao aumento das exportações, as importações de máquinas e equipamentos pelo Brasil recuaram. A queda foi de 28% no semestre, para US$ 6 bilhões, e de 56% em junho, para US$ 1 bilhão. Ainda assim, o saldo da balança comercial do segmento ficou negativo para o Brasil, em US$ 1,9 bilhão de janeiro a junho e em US$ 251 milhões no mês passado.
Infomet - 28/07/2017
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2017 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP