segunda-feira, 28 de agosto, 2017

Déficit comercial do setor de químicos cresce 4,9% no ano

O déficit comercial da indústria de químicos foi de US$ 12,7 bilhões no acumulado do ano, até julho, alta de 4,9% em relação ao mesmo período de 2016. O saldo negativo é resultado da importação de US$ 20,4 bilhões em produtos e exportação de US$ 7,6 bilhões. Em termos de volume, as compras externas de químicos somaram 24,8 milhões de toneladas entre janeiro e julho, aumento de 23,6% sobre um ano antes. Já os embarques cresceram apenas 1,4%, para 9,7 milhões de toneladas. Na opinião do presidente-executivo da Abiquim, Fernando Figueiredo, a balança comercial do setor químico pode piorar com a recuperação econômica do Brasil. "Com a retomada da economia, que é obviamente algo para o qual todos nós torcemos, o consumo voltará a crescer, e consequentemente, as importações crescerão exponencialmente. O governo precisa trabalhar urgentemente em uma política industrial que estimule investimentos no Brasil, para que deixemos de vez de ser exportadores de matéria-prima e importadores de produtos acabados".
DCI - 28/08/2017
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP