terça-feira, 01 de agosto, 2017

Feijão preto: em agosto volume maior deve vir da Argentina

Feijão-preto: Muito lentamente os feijões danificados pelo clima na colheita do Paraná vai diminuindo a pressão de oferta que fez "engasgar" o varejo, principalmente no Rio de Janeiro. O cliente, em um primeiro momento, compra a marca desconhecida, mas na hora de repor deixa de lado, pois o feijão danificado, abaixo do padrão, em uma pacote escrito T-1, só engana uma vez cada consumidor. Durante agosto, um volume maior de produto deverá vir da Argentina, o que de certa forma tende a nivelar custos e qualidade. Últimas referências de vendas em São Paulo ficam entre R$ 165/175. Feijão-caupi: Pequeno volume de negócios com os caupis do Mato Grosso. Últimos negócios reportados ficam entre R$ 55/66. Poucos embarques e poucos contratos ocorrendo para exportação
Notícias Agrícolas - 31/07/2017
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2017 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP