quarta-feira, 27 de setembro, 2017

Preços do açúcar iniciam a semana em baixa, influenciados pela expectativa de chuva

Os preços do açúcar começaram a semana em queda no mercado internacional, devido às previsões de chuvas no Brasil para esta semana. Na segunda-feira (25.09), o vencimento outubro/17 da bolsa de Nova York fechou negócios em 13.74 centavos de dólar por libra-peso, queda de 24 pontos. Na tela março/18, a commodity foi cotada a 14.35 centavos de dólar por libra-peso, desvalorização de 29 pontos. Os demais contratos fecharam em baixa entre 19 e 26 pontos. "Embora atrapalhem a colheita e a moagem da safra 2017/18, as precipitações representam alívio para o desenvolvimento da cana em fase rebrota ou de colheita mais tardia no Brasil, maior produtor mundial de açúcar. As primeiras previsões privadas sugerem uma queda de cerca de 7,5% na produção local em 2017/18, estimada em 34 milhões de toneladas, segundo o Société Générale". Em Londres, o lote dezembro/17 fechou com retração de 5,90 dólares, negociado em US$ 362,20 a tonelada. Na tela março/18, o açúcar foi comercializado em US$ 370,50 a tonelada, queda de 5,50 dólares. Os outros vencimentos caíram entre 4,90 e 5,40 dólares. Mercado interno No Brasil, os preços do açúcar seguem em uma gangorra, oscilando entre altas e baixas. Na segunda-feira (25), a saca de 50 quilos do tipo cristal sofreu uma queda no mercado, sendo vendida a R$ 52,52, desvalorização de 0,34% em comparação aos preços de sexta-feira. Etanol O etanol hidratado, vendido pelas usinas paulistas, também começou a semana em queda, após um período de alta nos preços. O biocombustível foi comercializado em R$ 1.509,50 o metro cúbico, retração de 0,13% quando comparado com os preços praticados na sexta.
Agrolink – 26/09/2016
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP