terça-feira, 30 de janeiro, 2018

Após bons resultados, meta dos produtores de leite de SC é exportar

A meta dos produtores de leite catarinenses para 2018 é a exportação. Apesar de a produção de leite ser a terceira maior economia vinda da agropecuária em Santa Catarina, o estado consome menos da metade do leite que produz. “O caminho do leite tem que ser a exportação, Santa Catarina tem as portas abertas para isso: nosso status sanitário, a qualidade do produto e a modernidade na industrialização do leite”, afirma Moacir Sopelsa, secretário de Estado da Agricultura. Crescimento Nos últimos dez anos a produção de leite cresceu 82%, acima da média nacional. Um dos fatores é o investimento em tecnologia e melhoramento genético pelos produtores rurais. “A expansão se deu sempre pela necessidade de suprir a indústria”, afirma o produtor Enedi Zanchet. Ele faz parte do crescimento da cadeia do leite. A movimentação financeira em 2017 foi de R$ 3,5 bilhões, 13% do volume total do agronegócio catarinense. Há 29 anos ele trabalha com gado de leite. Este ano a propriedade dele vai ter 70 vacas leiteiras. A propriedade do Enedi Zanchet, em Arvoredo, deve ser a primeira capacitada a ter o leite exportado por uma indústria multinacional aqui em Santa Catarina.
CNA Brasil - 29/01/2018
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP