quarta-feira, 07 de março, 2018

Eurostat revisa para baixo crescimento da Eurozona em 2017

O crescimento da zona do euro em 2017 foi revisto para baixo em dois décimos, situando-se em 2,3% – apontou o Eurostat nesta quarta-feira (7). Essa taxa de crescimento continua a ser, porém, a mais alta em dez anos na zona euro. Em 2007, pouco antes da crise financeira, o PIB chegou a 3,0%. Em 2016, registrava 1,8%. Em anúncios anteriores, em janeiro e fevereiro, a agência europeia de estatísticas havia anunciado uma expansão de 2,5% do Produto Interno Bruto (PIB) dos 19 países do euro para 2017. O número foi revisto, porque os dados usados estavam, até o momento, “mais constritos”, explicou o órgão. Além disso, alguns números foram, eventualmente, “revistos por alguns países-membros”. A estimativa da Eurostat para o quarto trimestre de 2017 continua, em contrapartida, sem alterações na zona euro, a 0,6%, um nível de acordo com sua primeira avaliação e conforme a expectativa dos analistas ouvidos pela Factset. A Eurostat também revisou para baixo o índice de crescimento na União Europeia, que agora atinge 2,4% em 2017, contra os 2,5% então anunciados em suas duas primeiras estimativas.
AFP - 07/03/2018
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP