sexta-feira, 23 de março, 2018

Sindipeças aposta em alta de 9% nas exportações

O Sindipeças reviu agora em março as projeções para este ano que havia divulgado em dezembro. A principal mudança refere-se ao déficit comercial, que deve ser menor do que o estimado anteriormente. Ante previsão inicial de alta de 6,5% nas vendas externas, a expectativa agora é de expansão de 9%, com a receita atingindo US$ 8,08 bilhões. No ano passado as vendas externas da indústria brasileira de autopeças atingiram US 7,41 bilhões e no anterior, US$ 6,56 bilhões. Já as importações devem subir menos do que o projetado em dezembro. A expectativa, que era de alta de 20,9%, agora sinaliza expansão de 12%. Se confirmado esse índice, as importações atingirão US$ 14,28 bilhões e não mais os US$ 15,5 bilhões estimados antes. Diante das revisões nas projeções de exportações e importações, o déficit comercial agora previsto é bem menor do que divulgado pelo presidente do Sindipeças, Dan Ioschpe, em dezembro. Na época a entidade falava em um déficit de US$ 7,6 bilhões e agora aponta para algo em torno de US$ 6,2 bilhões. Ao invés de uma expressiva diferença a mais para as importações de 40,7%, estima-se agora 16,1%. O Sindipeças manteve suas projeções de faturamento – R$ 82,6 bilhões este ano, 7,4% superior ao de 2017 – e também do número de postos de trabalho. A entidade acredita na criação de 8,2 mil novas vagas, com o quadro chegando a 172,8 mil funcionários no final do ano. Reviu, no entanto, a estimativa de investimento. Antes projetava US$ 2,52% e agora fala em US$ 2,19 bilhões. De qualquer forma, o novo montante representará expansão de 23,7% sobre o aporte de US 1,87 bilhão do ano passado.
Infomet - 23/03/2018
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP