sexta-feira, 11 de maio, 2018

Cobre opera em leve alta com queda nos estoques da LME e dólar fraco

Os futuros de cobre operam em leve alta nesta manhã de sexta-feira (11), ampliando os fortes ganhos de ontem, à medida que os estoques na London Metal Exchange (LME) continuaram a diminuir e o dólar interrompeu seu recente rali. Por volta das 8h (de Brasília), o cobre para três meses negociado na LME subia 0,16%, a US$ 6.928,00 por tonelada. Na Comex, a divisão de metais da bolsa mercantil de Nova Iorque (Nymex), o cobre para entrega em julho avançava 0,18%, a US$ 3,1155 por tonelada, às 8h25min (de Brasília). O índice DXY do dólar se enfraquece nos negócios da manhã, mantendo tendência vista desde ontem, quando foram divulgados números de inflação abaixo da expectativa nos EUA. O cobre também é beneficiado por uma nova queda registrada ontem nos estoques da LME. A redução acumulada desde o início de maio chega a quase 17%, segundo analistas do banco ING. A maior parte da diminuição ocorreu por causa da China, onde a demanda dá sinais de que está crescendo. Já o alumínio tinha forte queda de 2% no mercado inglês no horário indicado acima, a US$ 2.264,00 por tonelada, após atingir os maiores níveis em seis anos no mês passado, em meio a ameaças à oferta do segundo maior produtor mundial do metal, a mineradora russa Rusal. Entre outros metais básicos da LME, o zinco tinha alta de 0,49%, a US$ 3.097,00 por tonelada, o níquel ganhava 0,58%, a US$ 13.930 por tonelada, o estanho caía 0,19%, a US$ 20.760,00 por tonelada, e o chumbo subia 2%, a US$ 2.347,00 por tonelada.
Jonal do Comércio - 11/08/2018
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP