terça-feira, 17 de julho, 2018

Ouro fecha em baixa após forte relatório de vendas no varejo dos EUA

Nova York – O contrato futuro de ouro encerrou o pregão desta segunda-feira, 16, em baixa, com o metal falhando em uma tentativa de recuperação. Indicadores econômicos dos Estados Unidos também contribuíram para a queda do ouro à medida que as políticas do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) continuam no radar. Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro para entrega em agosto recuou 0,12%, para US$ 1.239,70 por onça-troy. Os preços do metal precioso apresentaram queda enquanto o dólar subiu durante a manhã, em meio à expectativa de aumento dos juros em solo americano. As vendas no varejo subiram 0,5% na passagem de maio para junho, mas sofreram uma forte revisão em maio ante abril, passando de alta de 0,8% para avanço de 1,3%. Na semana passada, o ouro já havia caído “principalmente pela força do dólar, mas a alta dos juros dos Treasuries de curto prazo também pressionou o metal amarelo”, disse o analista Tyler Richey, do Sevens Report. Além disso, a reação negativa do ouro a eventos recentes, como os riscos ligados a uma potencial guerra comercial global, revelou que o metal se desvinculou de seu tradicional papel de refúgio, o que deixou alguns analistas receosos quanto ao futuro da cotação do ouro. “Os participantes do mercado especulativo vêm apostando, em grande parte, na queda dos preços do ouro”, disseram estrategistas de commodities do Commerzbank. Para eles, o depoimento do presidente do Fed, Jerome Powell, no Congresso, pode ser o destaque da semana no mercado de metais. Fonte: Dow Jones Newswires.
Exame - 16/07/2018
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP