segunda-feira, 27 de agosto, 2018

Aumento nos custos preocupa criadores de suíno em MG

Um descompasso preocupa os criadores de suínos em Minas Gerais. O preço para o produtor não está reagindo e o custo de produção não para de subir. Da granja do criador Valder Caixeta, em Patos de Minas, no alto Paranaíba, saem para o abate cerca de quatro mil suínos por mês. Os animais consomem mensalmente em torno de 890 toneladas de ração. “70% do custo dessa ração é basicamente milho e farelo de soja. São dois ingredientes que vem mantendo num custo, num patamar bastante alto”, fala o criador. Em um ano, o milho subiu 54% e o farelo, 40%. Além do gasto com a alimentação dos animais, o que está tirando o sono dos criadores de suíno em Minas Gerais é o valor recebido pelo quilo do animal vivo, que nos últimos cinco meses não cobre o custo de produção.
Notícias Agrícolas - 27/08/2018
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP