terça-feira, 28 de agosto, 2018

Brasil e Alemanha fecham acordo sobre combustível de aviação renovável

O Brasil e a Alemanha vão somar esforços para desenvolver combustíveis renováveis para o setor de aviação. Nessa sexta-feira (24) a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e a Agência Alemã de Cooperação Técnica (GIZ) firmaram um memorando e entendimento para a realização de projetos conjuntos nessa área. O documento foi assinado no Centro de Pesquisas e Análises Tecnológicas (CPT) da ANP em Brasília. O projeto prevê a instalação de uma planta piloto nas dependências do CPT. A unidade contará com tecnologias desenvolvidas na Alemanha e Suíça para capturar gás carbônico – CO2 – diretamente do ar atmosférico e convertê-lo em querosene parafínico por meio do processo Fischer-Tropsch. A planta opera usando energia solar fotovoltaica. Uma regra aprovada pela ANP no final de 2014 permite que esse tipo de combustível seja misturado até o limite máximo de 50% em volume ao querosene de aviação (QAV-1) para o consumo em turbinas de aeronaves. No âmbito do projeto, o CPT ficará responsável por certificar o combustível renovável produzindo tanto nessa planta piloto quanto e em outras unidades demonstrativas instaladas no país.
Biodieselbr - 27/08/2018
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP