sexta-feira, 03 de agosto, 2018

Cobre opera em baixa, ainda com foco nas tensões entre EUA e China

O cobre opera em território negativo na manhã desta sexta-feira (3), no encerramento de uma semana com preços pressionados pelas crescentes tensões entre Estados Unidos e China no comércio. Às 6h55min (de Brasília), o cobre para três meses recuava 0,46%, a US$ 6.111 a tonelada, na London Metal Exchange (LME). O cobre para setembro, por sua vez, caía 0,42%, a US$ 2,7260 a libra-peso, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), às 7h15min. Ontem, o secretário de Comércio americano, Wilbur Ross, defendeu a estratégia do governo do presidente Donald Trump. Em entrevista à rede Fox Business, Ross disse que é preciso que a situação seja "dolorosa" para a China, a fim de que Pequim mude sua conduta na questão comercial. Na quarta-feira, Trump pediu que sua equipe analise a possibilidade de impor tarifas de 25% sobre US$ 200 bilhões em produtos chineses. Entre outros metais básicos na LME, o zinco subia 0,02%, a US$ 2.566,50 a tonelada, o alumínio recuava 0,37%, a US$ 2.030 a tonelada, o estanho caía 0,71%, a US$ 19.460 a tonelada, o níquel cedia 1,57%, a US$ 13.140 a tonelada, e o chumbo tinha baixa a 0,61%, a US$ 2.115 a tonelada.
Jornal do Comércio - 03/08/2018
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP