quinta-feira, 02 de agosto, 2018

Com redução na movimentação de fertilizantes, o valor dos fretes sofreu poucas quedas no decorrer do mês de junho

Ao longo do mês de junho houve uma redução na entrega de fertilizantes, devido à dificuldade de muitas empresas se adequarem aos novos valores de fretes regulados pela tabela do preço mínimo lançada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Os principais destinos foram as misturadoras dos estados do Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, Paraná e São Paulo. De acordo com a Associação Brasileira para Difusão de Adubos (ANDA), a entrega de insumos está atrasada, uma vez que cerca de 80% dos fertilizantes a serem entregues durante o ano ainda não chegaram ao consumidor. Muitos embarques foram suspensos devido à dificuldade de contratação dos veículos e ao desestímulo do produtor diante dos altos valores dos fretes, ocasionando um reajuste positivo. Porém foram observados reajustes negativos dos fretes em regiões com alto fluxo de soja, favorecendo o frete de retorno de fertilizantes, como na região de Paranaguá (PR), além do sul do Mato Grosso do Sul e do oeste da Bahia.
Globalfert - 01/08/2018
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP