quinta-feira, 13 de setembro, 2018

Brent sobe e EUA volta a liderar a produção global

O Brent continua em trajetória de alta diante da apreensão do mercado acerca de uma redução da oferta nos EUA e no Irã, importantes produtores globais. Nesta quarta-feira (12), a cotação quase bateu a casa dos US$ 80. Enquanto os temores do furacão Florence, na Carolina do Norte (EUA), têm assustado o mercado, a aproximação das sanções ao Irã provocaram uma reação nos preços do barril nesta semana. Ontem, a cotação do Brent alcançou cerca de US$ 79.A Administração de Informações sobre Energia (EIA) dos EUA projeta preço médio do Brent em US$ 73 por barril neste ano. Para 2019, a cotação esperada é de US$ 74.Maior produtor global Os norte-americanos voltaram ao posto de maior produtor de petróleo bruto do mundo, conforme relatório da EIA divulgado nesta quarta-feira. De acordo com a agência, o país “provavelmente superou a Rússia e a Arábia Saudita” com base em estimativas preliminares. Em fevereiro, a produção de petróleo bruto dos EUA ultrapassou a da Arábia Saudita pela primeira vez em mais de duas décadas. Já em junho e agosto, ultrapassou a Rússia pela primeira vez desde fevereiro de 1999.Ainda conforme a EIA, a produção norte-americana de petróleo do tipo “light sweet”, ideal para a produção da gasolina, vem crescendo nas regiões do oeste do Texas e no golfo offshore do Novo México.
DCI - 13/09/2018
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP