quarta-feira, 19 de setembro, 2018

Demanda em alta e aumento nos preços do sebo bovino

Com os preços da soja (e dos subprodutos, farelo e óleo de soja) em patamares maiores na comparação anual, a demanda por sebo bovino segue em alta, uma vez que a gordura animal também é usada na produção de biodiesel. Esta maior procura manteve os preços firmes ao longo deste ano. No Brasil Central, desde o início do segundo semestre, a cotação do sebo teve alta de 2,4%, e está, em média, em R$2,15/kg, livre de imposto, segundo levantamento da Scot Consultoria. Já no Rio Grande do Sul, a gordura animal está cotada em R$2,30/kg, nas mesmas condições. Para o curto prazo, a expectativa é de demanda em alta e preços firmes no mercado de sebo.
Agrolink - 19/09/2018
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP