terça-feira, 11 de setembro, 2018

Vendas de cimento no Brasil caem 2,4% em agosto, diz Snic

SÃO PAULO (Reuters) - A indústria brasileira de cimento teve queda de 2,4 por cento nas vendas em agosto em relação ao mesmo mês de 2017, para 4,903 milhões de toneladas, informou nesta segunda-feira a entidade que representa o setor, Snic. No acumulado do ano, as vendas de cimento no país acumulam baixa de 1,7 por cento ante mesmo período do ano passado, somando 34,89 milhões de toneladas. Em 12 meses, as vendas totalizaram 52,7 milhões de toneladas, volume 2,6 por cento inferior aos 12 meses anteriores. Para 2018, a Snic manteve a previsão de que setor deve registrar uma queda entre 1 por cento e 2 por cento, engatando o quarto ano seguido de baixa e acumulando retração de 26 por cento desde 2014. Segundo o presidente do Snic, Paulo Camillo Penna, o fraco desempenho dos indicadores econômicos aliado ao efeito da greve dos caminhoneiros e o tabelamento do transporte vêm contribuindo para a piora dos resultados do setor. Penna destacou ainda que o frete vem pressionando cada vez mais o custo da fabricação de cimento. “O frete respondia por cerca de 30 por cento da receita líquida do produto. Após a recente elaboração de uma tabela que não obedeceu aos requisitos técnicos necessários, a situação se complicou. Com a publicação de sua correção na última quarta-feira, o custo do frete será elevado em aproximadamente 120 por cento, agravando ainda mais o quadro do setor”, disse Penna, em nota.
Reuters - 10/09/2018
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2018 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP