segunda-feira, 17 de junho, 2019

Adnoc e holandesa criam líder global de adubos nitrogenados

São Paulo – A Companhia Nacional de Petróleo de Abu Dhabi (Adnoc) anunciou nesta segunda-feira (17) a criação de uma joint-venture com a empresa OCI N.V, da Holanda, com a expectativa de que o negócio seja líder global em fertilizantes nitrogenados. As informações foram divulgadas pela Adnoc e replicadas pelos sites locais de notícias. (Na foto acima, líderes das empresas assinam acordo.) A OCI é produtora e distribuidora global de fertilizantes a base de gás natural e produtos químicos industriais. A Adnoc é uma companhia da área de petróleo e gás, mas possui um braço, a Adnoc Fertilizantes, que atua com adubos. A holandesa deterá 58% da nova empresa e a companhia árabe ficará com os demais 42% do negócio. Segundo a Adnoc, a joint-venture terá foco na exportação e se tornará a maior produtora de fertilizantes nitrogenados no Oriente Médio e Norte da África (Mena), com capacidade de cinco milhões de toneladas de ureia e 1,5 milhão de toneladas de amônia por ano. As receitas combinadas são de US$ 1,74 bilhão, segundo dado de 2018. O material divulgado informa que a parceria dará diversidade geográfica aos canais de produção na região da Mena, permitindo maior acesso aos mercados para fortalecer a participação e atender melhor os clientes ao redor do mundo. A companhia terá uma equipe comercial centralizada, apoiada por uma infraestrutura comum de armazenamento e distribuição, com acesso a portos dos mares Mediterrâneo, Vermelho e do Golfo. A sede da joint-venture será Abu Dhabi e a empresa terá no seu conselho seis membros nomeados pela OCI e quatro pela Adnoc, com presidência do conselho do atual CEO do grupo Adnoc, Ahmed Al Jaber, que é também ministro de estado dos Emirados Árabes Unidos. O atual CEO da OCI, Nassef Sawiris, assumirá o papel de CEO da joint-venture. “Agrupar nossos ativos e capacidades dá ganho de valor para ambas as empresas, permitindo que ultrapassemos os concorrentes e nos tornemos a principal plataforma global de exportação de nitrogênio”, disse Jaber, em material divulgado. “Essa parceria cria uma plataforma de exportação inédita com suas melhores métricas de conversão de caixa”, disse Sawiris, também segundo o release divulgado no site da Adnoc. A Adnoc tem duas fábricas de fertilizantes e atua na área há mais de 35 anos. A empresa atende o mercado local e internacional, incluindo Índia, Estados Unidos, América Latina e Austrália. O grupo Adnoc é o único acionista da subsidiária de fertilizantes. Os ativos da OCI na região do Mena incluem a participação em empresas como a Egyptian Fertilizer Company (EFC) e a Egypt Basic Industries Corporation (Ebic), do Egito, e a Sorfert, da Argélia. As empresas anunciaram que a transação deverá ser concluída no terceiro trimestre deste ano e está sujeita às condições legais e regulamentares. O banco Citi atuou como consultor financeiro e a Shearman & Sterling como consultora jurídica da ADNOC na transação. A J.P. Morgan Securities PLC atuou como consultora financeira e a Cleary Gottlieb Steen & Hamilton LLP como consultora jurídica da OCI na operação.
Anda - 17/06/2019
Ver esta noticia em: english espanhol
Outras noticias
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2019 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP