Edição anterior
ID NoticiaTituloFonteResumoLinkData NoticiaProdutoID_1Produto_1ProdutoKey_1ProdutoID_2Produto_2ProdutoKey_2ProdutoID_3Produto_3ProdutoKey_3
Olam adquire controle da maior processadora de cacau da Indonésia

15/03/2019 - A multinacional de agronegócios Olam International, sediada em Cingapura, anunciou que comprou o controle da maior empresa processadora de cacau da Indonésia, a BT Cocoa, por US$ 90 milhões, em um movimento para avançar no mercado asiático, que lidera o crescimento do consumo mundial da amêndoa.

Brasil e EUA buscarão acordos setoriais

15/03/2019 - Os presidentes Jair Bolsonaro e Donald Trump devem indicar, na declaração conjunta que farão após o encontro na Casa Branca no próximo dia 18, que os dois países irão trilhar um caminho na direção do livre-comércio. Isso não significa o compromisso de começar a desenhar, agora, negociações de um acordo de livre-comércio entre os dois países. A ideia é avançar em acordos setoriais de facilitação de comércio e convergência regulatória, em pontos em que não haja limitação pelas regras internacionai

Apps de motoristas aumentam lucro de locadoras na bolsa

15/03/2019 - Visto como uma ameaça a princípio, o avanço do transporte por aplicativos no Brasil abriu um novo segmento para locadoras de veículos e ajudou a engordar o balanço dessas empresas, que têm apresentado ainda bons desempenhos na bolsa. O lucro líquido da Localiza, a maior do mercado, saltou 17% em 2018, para R$ 659 milhões, informou a companhia, dando largada à temporada de divulgação de resultados do setor. Em 2018, suas

Azul e Avianca levarão até um ano para se unir

15/03/2019 - A potencial integração entre a Azul e parte das operações da Avianca Brasil, em recuperação judicial, que a empresa de David Neeleman pretende adquirir, deve demorar entre seis meses e um ano após a aprovação do negócio. A estimativa é de John Peter Rodgerson, presidente da Azul. “Gostaria de seis meses para fazer uma ‘família Azul’, mas a expectativa é de até 12 meses”, disse.

Evento ABRE: Cenário Econômico no Brasil em 2019

15/03/2019 - Com 20 anos de tradição, o Estudo Macroeconômico da Embalagem ABRE foi revisto e está muito mais completo! A partir de 2019, o estudo trará, além das perspectivas macroeconômicas e análise de desempenho do nosso setor, informações de mercado mais detalhadas, tendências e oportunidades relacionadas à embalagem e a diversos setores de bens de consumo. Para elaborar esse estudo, a ABRE contará com a expertise

Tags relacionadas
DATAMARK LTDA. © Copyright 1998-2019 ®All rights reserved.Av. Brig. Faria Lima,1993 3º andar 01452-001 São Paulo/SP